topbella

domingo, 23 de outubro de 2011

Por sua causa

Por sua causa chorei como uma condenada...
Condenou-me a solidão...
Fiquei vagando por aí...
Sem rumo...
Só ouvindo o meu silêncio corroendo a minha alma...
Sofri por te amar...
Um amor que jamais conseguiu me amar...
Só me enganou e feriu-me...
Você deixou-me um vazio tão graúdo...
Que não parou pra pensar...
No estrago que sua farsa me causou...
Mas ainda bem não te amo mais...
Estou livre desse amor para sempre...
Você foi à parte obscura de minha vida...
Você foi uma ausência constante em mim...
Na verdade estive sozinho o tempo todo...
Pois não foi capaz de estar comigo...
Sempre me deixou de lado...
Como se eu não existisse...
Sua falha não há como acertar...
Porque o tempo passou...
E não há mais nós dois...

0 comentários:

Postar um comentário

.

.

Simplesmente uma Borboleta