topbella

sábado, 10 de junho de 2017

Fale Comigo

Fique calmo, meu amor
Eu voltarei para você
Por mais longe que você se sinta de mim
Você não está sozinho
Eu não consigo esquecer
Você é cada parte de mim
O espaço entre nós é só um sonho
Você nunca estará sozinho
Eu sempre vou estar à espera
E eu sempre vou olhar
Estamos separados por um fôlego, meu amor
E eu vou segurá-lo até estarmos juntos
Ouça-me chamar seu nome
Eu sinto você correndo por mim
Nessas paredes eu ainda ouço as batidas do seu coração
E nada neste mundo pode me deter
De acordar para você
Basta acreditar e falar
Fale comigo.....
                                     

sábado, 27 de maio de 2017

Mil anos...






O dia em que nos conhecemos
Congelado, segurei minha respiração
Desde o inicio
Sabia que encontrei um lar pro meu coração
Bate rápido, cores e promessas
Como ser corajoso?
Como posso amar quando estou com medo de cair?
Mas olhando você sozinho
Todas as minhas dúvidas, subitamente se foram de alguma maneira
Um passo mais perto
Eu morri todos os dias esperando por você
Querido, não tenha medo
Eu te amei por mil anos
Eu vou te amar por mais mil
O tempo para
Beleza em tudo o que ela é
Eu vou ser corajosa
Não deixarei nada levar pra longe
O que esta na minha frente
Cada respiração
Todas as horas vieram para isso
Um passo mais perto
Eu vou te amar por mais mil
E o tempo todo eu acreditei que eu iria encontrá-lo

Tempo trouxe seu coração para mim

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Filme de mim

Andar no ar
Parar de pensar
Voar por todos os cantos do céu
Olhar sem ver
Falar sem dizer
E ser somente agora
O universo gira em mim
E o tempo é ilusão
Dou de volta o que eu quis
Só pra ser feliz
Mudo regras e sinais
Viro contramão
O que fui eu não sou mais
Somos imaginação
O que vem se vai
Nada é permanente nem igual
E continua a mudar
Quero ir além
Ver o bem que está dentro do mal
E aprender a aceitar
Tudo o que vem, tudo o que vai
Tudo que foi e o que sou
Tudo que tem, o que não tem
O que a vida me negou
Eu ando zen
Eu ando ninguém
E deixo as dúvidas soltas no ar
Não sei dizer
E nem quero saber
Nem tento adivinhar
Um mergulho em outro mar
O fundo da questão
Troco tudo de lugar
Mudo de estação
Eu nasci pra inventar
Recriar do nada
Aprender a caminhar pela margem da estrada
Vejo tudo passar
Deixo tudo existir
Eu insisto em chegar e partir
Quero filmar outro filme de mim
Num roteiro sem fim!
O universo gira em mim
Eu nasci pra ser feliz
Dou de volta o que eu sempre quis
Um mergulho em outro mar
Troco tudo de lugar
Recriar do nada, nada, nada!

.

.

Simplesmente uma Borboleta